Benefícios do Óleo de Argão Bio

Óleo de Argan Bio Karitene

Óleo de Argão BIO

Argania Spinosa

Origem: Marrocos

Método de obtenção: prensagem a frio dos caroços dos frutos

Benefícios do óleo de argão – Benefícios gerais e origem

A argânia é endêmica no Marrocos e seu cultivo se estende por uma vasta planície de mais de 2.560.000 hectares (25.660 km2), localizada entre montanhas. A “Floresta de Argan”, conhecida como L´Arganeraie, foi declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1998 por seu valor ecológico e sua importância para a economia local da região.

O óleo de argão, conhecido como “ouro líquido”, é obtido por prensagem a frio dos caroços dos frutos da argânia. É um óleo levemente viscoso de absorção rapida que praticamente não deixa uma sensação oleosa na pele.

Possui alto teor de ácidos graxos, vitaminas (A e E) e antioxidantes, o que faz do óleo de argão um produto antienvelhecimento perfeito.

O óleo de argão tem propriedades anti-inflamatórias e alivia a dor nas articulações.

Devido ao seu alto teor de vitamina E, é um óleo duradouro.

Benefícios do óleo de argão para a pele

O óleo de argão é um óleo nutritivo indicado para todos os tipos de pele, incluindo a pele oleosa.

Devido ao seu alto teor de ácidos graxos e antioxidantes (vitamina E), o óleo de argão ajuda a combater os radicais livres, favorecendo a produção e síntese de colágeno e elastina, retardando o aparecimento de sintomas de envelhecimento da pele como rugas e linhas finas, e atenuando seus efeitos. Ele também contém esqualeno, que é um agente emoliente que hidrata profundamente a pele e ajuda a mantê-la macia.

Seu baixo índice de comedogenicidade (0/5) faz com que o óleo de argão hidrate a pele sem lubrificá-la, impedindo o entupimento dos poros e, portanto, a possibilidade de causar acne (no rosto basta aplicar algumas gotas e masajar depois).

O óleo de argão ajuda a reduzir estrias e cicatrizes e é ideal para tratar a pele áspera nos pés e mãos. Também é usado para cuidar de unhas quebradiças, pois as fortalece.

O óleo de argão é perfeito para os lábios. A simple aplicação de uma ou duas gotas de óleo sobre eles ajuda a curar os lábios rachados e a mantê-los hidratados e macios.

Aplicado em conjunto com a base de maquilhagem, o óleo de argão fornece luminosidade e uniformidade à pele. Essa técnica, conhecida como “gold-flecked oil face”, consiste em aplicar a base de maquilhagem em diferentes pontos do rosto do centro para fora e, antes de espalhá-la, adicionar algumas gotas de óleo de argão na esponja de maquiagem, aplicando-as com toques leves no rosto.

O óleo de argão é um bom óleo limpador / desmaquilhante. Seu conteúdo de ácido palmítico e ácido esteárico é útil para a limpeza da pele, pois ambas as gorduras saturadas atuam como tensioactivos (detergentes) dissolvendo a gordura, impurezas, produtos cosméticos / maquiagem e pele morta.

Benefícios do óleo de argão para o cabelo

O óleo de argão pode ser usado aplicando-o diretamente no cabelo, juntamente com o champô ou o condicionador habitual. Nos últimos dois casos, aplique algumas gotas na palma da mão e adicione ao champô ou condicionador.

Devido ao seu alto teor de nutrientes, o óleo de argão pode ser usado como condicionador natural, deixando os cabelos macios e brilhantes. Nos cabelos crespos e rebeldes, ajuda a controlar o frizz.

Se usado antes de aplicar o champô nos cabelos úmidos, aplique da raiz às pontas e deixe agir por 20 a 30 minutos antes de enxaguar e lavar (cabelos secos), ou da metade dos cabelos as pontas e deixe agir por 15 minutos ( cabelos oleosos).

Se usado após a lavagem, antes de secar e modelar, apllique 2-3 gotas da metade dos cabelos as pontas.

Se usado após a secagem, facilita o penteado e até ajuda a reduzir pontas duplas. Nesse caso, basta aplicar 2 ou 3 gotas de óleo na mão e distribuí-lo pelos cabelos. Dessa forma, o cabelo ficará mais moldável e será mais saudável por dentro e por fora.

Pode ser aplicado sem problemas nos cabelos coloridos, pois também ajuda a manter a cor por mais tempo.

O uso contínuo não é recomendado, pois pode deixar o cabelo oleoso. É preferível aplicá-lo a cada duas semanas ou após atividades que possam danificar os cabelos (nadar em piscinas com água clorada, por exemplo).

Cuidado da barba: o óleo de argão é um excelente óleo para a barba. Para sua aplicação, é recomendável seguir os seguintes passos:

  • Aplique após o banho
  • Seque a barba com uma toalha e aplique o óleo de argão diretamente na barba
  • Para barbas de 3-4 dias, aplique 2-3 gotas espalhando-as com as mãos
  • Para barbas cheias, use mais gotas e espalhe-as uniformemente com um pente de barba
  • Massageie a barba, fazendo com que o óleo de argan alcance a pele
  • Deixe por 2-3 minutos e depois modelar ou pentear
  • Não deixe restos de óleo na barba para evitar uma aparência oleosa e negligenciada

Grau de comedogenicidade* do óleo de argão

0 (numa escala de 0 a 5)

*tendência do óleo a entupir os poros estimulando a formação de cravos e espinhas (acne)

Contraindicações do óleo de argão

O óleo de argão pode ser aplicado diretamente em qualquer parte do corpo. É aconselhável aplicar na pele limpa (úmida ou seca) com uma massagem suave até que o óleo seja completamente absorvido. Ao aplicar no cabelo, não use alisadores ou secadores depois.

 

INCI: Argania Spinosa (Argão) Kernel Oil

 

Composição do óleo de argão

Ácido oleico (Ômega 9) 38%-50%, ácido linoléico (Ômega 6) 30%-40%, ácido palmítico 10%-15%, ácido esteárico 3%-8%, ácido linolênico (Ômega 3) < 5%

Onde comprar óleo de argão:

Acesse nossa loja online clicando neste link

 

Antes de usar qualquer óleo na pele, é aconselhável fazer um teste de tolerância aplicando uma pequena quantidade (1 gota) em uma pequena área da pele que não esteja à vista. Se alguma reação adversa for observada, é aconselhável consultar o seu médico antes de continuar a usá-lo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest