Benefícios do Óleo de Rícino ou Mamona Bio

Óleo de Rícino o Mamona Bio Karitene

Óleo de Rícino BIO

Ricinus Communis

Origem: Ïndia

Método de obtenção: prensagem a frio das sementes

Benefícios do óleo de rícino – Benefícios gerais e origem

A mamona é um arbusto nativo do Chifre da África (Abissínia) que atualmente é cultivado em quase todas as áreas quentes do planeta. Tem uma haste espessa, amadeirada e oca que pode ter uma cor púrpura escura. Suas folhas são muito grandes e palmadas, com 5 a 9 lóbulos. Suas flores são arranjadas em grandes inflorescências e seus frutos são em forma de globo e cobertos de espinhos. Suas sementes são grandes, jaspeadas e de superfície lisa.

O óleo de rícino ou óleo de mamona (ou também óleo de castor) é obtido por prensagem a frio das sementes da mamona. É um óleo denso de absorção lenta que tem um aroma leve que não é muito agradável. Atua como uma barreira protetora para a pele.

Seu alto teor de ácidos graxos, em particular de ácido ricinoléico, fornece propriedades hidratantes, anti-inflamatórias e analgésicas ao óleo de rícino.

Também tem um alto teor de vitaminas que ajudam a fortalecer as unhas, impedindo-as de quebrar (basta aplicar uma gota nas unhas e massagear).

Nas massagens, o óleo de rícino deixa a pele macia e sedosa. Também é usado como anti-inflamatório (tratamentos de artrite), como descontracturante e para estimular a circulação linfática.

Benefícios do óleo de rícino para a pele

O óleo de rícino ou óleo de mamona é indicado para todos os tipos de pele e, em particular, para pele oleosa e pele com tendência a acne.

Seu alto teor de ácido ricinoléico faz do óleo de rícino um excelente emoliente que hidrata profundamente a pele. Por esse motivo, é um ingrediente frequente em cremes hidratantes e batons.

Devido ao seu alto teor de ácidos graxos e antioxidantes (vitamina E), o óleo de rícino ajuda a combater os radicais livres, favorecendo a produção e síntese de colágeno e elastina, retardando o aparecimento de sintomas de envelhecimento da pele como rugas e linhas finas, e atenuando seus efeitos (para o rosto, 2-3 gotas são suficientes).

O óleo de rícino possui propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e fungicidas, sendo útil no tratamento de acne, dermatite, eczema e fungos (unhas, pé de atleta, etc.).

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias, é usado no contorno dos olhos para reduzir bolsas e olheiras. Para fazer isso, basta aplicar uma gota de óleo de rícino nas bolsas dos olhos e nas olheiras (pode ser feito com uma bola de algodão) e massagear depois.

Benefícios do óleo de rícino para o cabelo

O óleo de rícino ou óleo de mamona nutre e hidrata os cabelos, estimula seu crescimento, retarda o aparecimento de brancas e ajuda a combater a caspa (você pode massagear com algumas gotas ou adicioná-las ao champô habitual).

Também é um excelente condicionador que proporciona brilho e força aos cabelos.

Aplicado às sobrancelhas e cílios várias vezes ao dia, na máscara ou no pincel, o óleo de rícino os torna mais fortes e os faz parecer mais densos e mais grossos.

Grau de comedogenicidade* do óleo de rícino

1 (numa escala de 0 a 5)

*tendência do óleo a entupir os poros estimulando a formação de cravos e espinhas (acne)

Contraindicações do óleo de rícino

O óleo de rícino ou óleo de mamona pode ser aplicado diretamente na pele, incluindo a do rosto. Não é irritante nem sensibilizante. No entanto, seu uso NÃO é recomendado durante a gravidez, lactação ou menstruação. Se durante o seu uso forem observados sintomas ou reações estranhas, é aconselhável parar de usá-lo e consultar um médico.

 

INCI: Ricinus Communis (Rícino) Seed Oil

 

Composição do óleo de rícino

Ácido ricinoleico (Ômega 9) 85%-95%, ácido oleico (Ômega 9) 2%-6%, ácido linoleico (Ômega 6) 1%-5%, ácido linolénico (Ômega 3) < 1%, ácido palmítico < 1 %, ácido esteárico < 1%

Onde comprar óleo de rícino:

Acesse nossa loja online clicando neste link

 

Antes de usar qualquer óleo na pele, é aconselhável fazer um teste de tolerância aplicando uma pequena quantidade (1 gota) em uma pequena área da pele que não esteja à vista. Se alguma reação adversa for observada, é aconselhável consultar o seu médico antes de continuar a usá-lo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest